11 outubro 2017

"Prefake" de São Paulo vai dar ração para os pobres



O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), conhecido nas redes sociais como "prefake" (algo como "prefeito falso") toma mais uma medida polêmica, para dizer o mínimo.

Doria, que também é virtual candidato à presidência da república, anunciou um convênio com a empresa "Plataforma Sinergia" que tem um programa chamado "Alimento para todos." A Sinergia desenvolveu um produto chamado "Allimento" produzido a partir do processamento de vários tipos de alimentos que estão com o prazo de validade no limite. O resultado desse beneficiamento é um granulado nutritivo, produto que será oferecido pela prefeitura de São Paulo às populações que enfrentam problemas de segurança alimentar.

Rosana Perrotta, representante da Sinergia, assim definiu a Farinata ou Allimento,  produto que Doria vai oferecer à população carente

Um sistema de beneficiamento de alimentos que não são comercializados pelas indústrias, supermercados e varejo em geral. São alimentos que estão em datas críticas de seu vencimento ou fora do padrão de comercialização, produzindo com eles a Farinata 

Nota do Blog: Sem os floreios da assessoria de imprensa da prefeitura de São Paulo, o programa "Alimento para todos" funciona da seguinte forma. A Plataforma Sinergia recolhe vários tipos de alimentos que estão prestes e se vencer e que não têm valor comercial. Não são sobras, mas podem ser considerados "refugo." Esses alimentos são beneficiados e transformados em um granulado, ou  seja, em um tipo de ração. Imagine a muvuca que seria se o ex-prefeito, Fernando Haddad (PT-SP), implantasse um programa para dar ração para a população carente de São Paulo. Uma tragédia que só poderia sair da "veia empreendedora" de Doria.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário