02 janeiro 2018

Como funciona a "tarifa branca" na conta de luz



Está em vigor desde o dia 1º de janeiro a “tarifa branca.” Trata-se de uma modalidade de cobrança na conta de luz que usa como critério de cálculo os horários em que o cliente consome a eletricidade.

A tarifa branca está disponível para usuários que consomem mais que 500 quilowatts-hora. Para migrar para o regime tarifário o consumidor precisa ter disciplina e controlar o uso da eletricidade entre 17h e 22h, no chamado horário de pico. Quem aderir à tarifa branca pode pagar até 5 vezes mais pela eletricidade consumida nesse período. O modelo de cobrança só é vantajosa para quem consegue gerenciar o consumo de energia entre 22h até às 17h do dia seguinte, período em que o valor cobrado será menor.

O objetivo da tarifa branca é economizar energia no horário de pico e não sobrecarregar o sistema elétrico.

Em 2018 apenas clientes com consumo acima de 500 kwh poderão aderir à tarifa branca. Quem se encaixar nos critérios, e tiver interesse nessa modalidade de cobrança, deve procurar a distribuidora que atende sua região e se informar sobre os valores da energia cobrada por cada empresa e os horários de pico de cada uma. São informações que também estão disponíveis no site da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Nenhum comentário:

Postar um comentário