23 janeiro 2018

O adeus a Caby da Costa Lima


Faleceu na manhã desta terça-feira (23), no Hospital Wilson Rosado (HWR), o Radialista Caby da Costa Lima, um dos comunicadores mais populares do rádio mossoroense.

Caby tinha 59 anos e estava internado no HWR desde o dia 08 de janeiro. Apresentava um quadro clínico complicado com cirrose hepática, enfisema pulmonar, pneumonia e infecção. A causa da morte foi falência múltipla dos órgãos.

Recebi a notícia da morte de Caby pela manhã e estava sem acesso ao blog, motivo pelo qual somente agora estou fazendo o registro.

Conheci Caby quando trabalhava na FM 105, na época ele cuidava do departamento comercial da emissora e apresentava aos sábados o seu tradicional programa "O som do Caby". Era saudosista e refletia isso na seleção musical do seu programa e na coletânea de livros "Azougue," onde revivia "causos" de figuras conhecidas da cidade. 

Caby era o que a gente costuma chamar de "figura," andava de tamancos de madeira, não vestia camisa de botão ou terno nem sob tortura, falava com um sotaque inventado e recheado de gírias. Se dirigia aos ouvintes, amigos e pessoas do seu convívio (ou não) pelo tratamento de "garotinho" ou "camaradinha." 

Tinha umas sacadas engraçadas. Em um sábado estava eu no estúdio, tocava no "Som do Caby" uma música de Simone, a última antes do intervalo comercial. Quando a música estava terminando Caby entra com essa: "Simone...você é cheia do papel pintado...mas do que você gosta, eu também gosto."

Pegadinha

Havia na FM 105 um vigia conhecido como "Cigano." Falastrão, adorava contar histórias de coragem e valentia. Durante a noite, no seu turno, só tinha como companheiro um rádio e um orelhão onde vez por outra atendia algum telefonema. Caby tinha uma voz grave que aliada a uma boa interpretação, podia ser bem intimidadora.

Certo dia o Cigano chega, não dá um um pio sobre suas histórias de valentia. Parecia preocupado.

- O que foi Cigano? - Perguntou um colega.

- Rapaz, é preciso tomar uma providência. Ontem me ligou um sujeito, com voz de "omi mermo" sabe? Me ameaçou disse assim: "Seu caba safado, vou te pegar infeliz." Fale com a diretora pra botar mais alguém aqui comigo.

Nem precisa dizer que o tal sujeito, com voz de homem, era Caby pregando uma peça no vigia ex-valentão.

O corpo de Caby está sendo velado no Centro de Velório Sempre, localizado em frente ao Tiro de Guerra  de Mossoró. O seu sepultamento será amanhã, às 09h, no cemitério São Sebastião.

Descanse em paz "camaradinha." 

Nenhum comentário:

Postar um comentário