02 janeiro 2018

PMs voltam às ruas do RN depois de decisão judicial

Após decisão da Justiça do Rio Grande do Norte que determinou a prisão de policiais que promovam e defendam a paralisação iniciada no dia 19 de dezembro, e multa diária de R$ 100 mil para as associações que representam os militares (leia aqui), policiais saíram dos batalhões da região metropolitana de Natal para fazer patrulhamento, durante a manhã desta terça-feira (02). Algumas equipes permaneceram nas unidades.

As associação de militares negam que haja uma greve, mas reforçaram que a operação 'Segurança com Segurança' - que determina que os militares só devem atuar com carros e equipamentos em condições de uso - continua.

Policiais militares, civis e bombeiros do estado estavam paralisados desde o dia 19 de dezembro, em protesto contra atrasos salariais e condições de trabalho. Sem policiamento nas ruas houve um aumento da violência, o que resultou no envio, pelo governo federal, de 2,8 mil homens e mulheres das Forças Armadas para reforçar a segurança no estado. 

Em Mossoró, na região Oeste potiguar, 50% das viaturas estão fazendo patrulhamento, segundo a PM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário