04 janeiro 2018

Venda de ativos e corte de pessoal é a receita do governo do RN para reequilibrar finanças


Vender o Centro de Convenções, o Departamento de Estradas e Rodagens (DER), o Centro de Turismo, a Central de Abastecimento (Ceasa) e ações da Companhia Potiguar de Gás (Potigás), além de demitir comissionados. É essa a receita que o governo Robinson Faria propõe para equilibrar as finanças do estado.

Essas ações foram propostas pelo governador em reunião, na tarde desta quinta-feira(04), com a bancada federal do Rio Grande do Norte.

Secretários e parlamentares debateram a situação financeira do RN e propuseram soluções para sair da crise. Foram colocados problemas como redução de receita e o aumento na folha de pessoal do Estado, consequência - segundo o secretário de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira - do aumento da folha dos servidores inativos.

Por fim, foi anunciada a intenção do poder executivo de demitir servidores com acúmulo de cargos, celetistas aposentados, servidores não-concursados, além da redução de cargos comissionados, suspensão da concessões de licenças-prêmio, extinção de celulares funcionais e redução de carros oficiais.

Todas essas ações, para serem implementadas, dependem de aprovação na Assembleia Legislativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário